Avaí – concurso “eu fiz a camisa 2009”

janeiro 2, 2010

Os modelos abaixo   criei para o concurso “Eu fiz a camisa” promovido pela Fanatic, fornecedora do uniforme do time catarinense.

Tentei me basear mais em elementos da cidade e do clube, aproveitando os tons de azul como representando as  varias tonalidades do mar, na ilha de Florianopolis, e  também o símbolo principal da cidade, a ponte Hercílio Luz, que fiz um desenho estilizado e incluí em alguns desenhos.

Abaixo, as criações, na ordem do meu gosto pessoal mesmo.

Anúncios

Vasco da Gama – parte 2

julho 30, 2009

Eu tinha me  esquecido de postar  aqui, mas em fevereiro desse ano, ainda  chocado com os novos uniformes do Vasco, rolou um campeonato de mock-ups do site Minhas Camisas, e  entao participei com uns mais de 10 modelos.  Acabou que esse  campeonato nem teve  vencedor, pq na real foi apenas um teste [ e mesmo assim foi um otimo exercício de criatividade], e de qualquer forma  pude  externar o que  realmente  achava que podia ser feito pro clube cruzmaltino. Já que não se podia colocar  a  marda de nenhum fabricante, coloquei meu proprio logotipo.  O resultado vocês podem ver abaixo [ aconselho clicarem nas imagens pra  ver os  detalhes, porque a  graça das criações é justo isso]:

A camisa abaixo que eu preciso abrir um parentesis, porque muita gente no outro  blog me alertou que eu tinha” colocado a  faixa do lado contrario” ! Gente, EU FIZ DE PROPRÓSITO! Não sei se repararam nisso, mas NA BANDEIRA DO CLUBE a  faixa está assim, portanto não é assim tanta heresia, é apenas enxergar o que ninguem olhou assim com outros olhos…

Espero que tenham curtido!

Casimiro de Abreu E.C. – parte 1

agosto 24, 2008

 

O Casimiro de Abreu Espote Clube (mais conhecido como CAEC) é um time do interior do estado do Rio, da cidade de mesmo nome, e que jogou a  segunda divisão do Campeonato Carioca esse ano. Há um certo tempo uma pessoa ligada à diretoria me solicitou a criação de novos  unformes, e  então fui me baseando em informações  sobre uniformes anteriores, inclusive de passados remotos. E os resultados foram esses abaixo (clique nas imagens pr a ver  em detalhes):

 

 

 

 

 

Já que o time possui uma combinação de cores semelhante  à do Madureira, aproveitei e  criei um modelo que, apesar da combinação difícil de cores na tal forma, passasse  uma certa força, predominando assim o azul mais escuro, e dando um efeito mais vistoso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nessa versão amarela, resolvi  colocar uma faixa na ascendente, representando  o ressurgimento do  clube.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esse modelo vermelho foi inspirado num listrado que  vi numa camisa de rugby há muito tempo. Adaptei ao estilo mais leve do futebol e dosei com mais cautela a disposição das listras, pra  dar um  equilíbrio nas cores vibrantes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esse modelo foi  inspirado numa camisa que eles usaram nos  anos  80. Dei uma roupagem nova à disposição e proporção das listras.

 

 

 

 

 

 

 

E então, o que acharam?

Coritiba – Parte 1

agosto 9, 2008

Fiquei alguns dias sem postar  desenhos novos porque  tive que elaborar alguns desenhos mais complexos  sob encomenda, que futuramente publicarei aqui.

Sobre o uniforme do Coritiba,  o titular eu resolvi não ser muito criativo, pois o mais facil seria  fazer aqui que fiz com o do são paulo,mas aí seria apenas “mais-do-mesmo” e por isso resolvi  mantê-lo clean como já é e apenas coloquei umfriso dourado nas extremidades das faixas verdes, coisa que se não me engano eles até já fizeram…

Deixei a criatividade para o uniforme verde, onde  fiz como que um negativo do primeiro uniforme, deixando a faixa na altura do peito e com pequenos frisos brancos.

 

Pros possíveis uniformes reservas e  terceiros, propus um modelo preto quase identico ao  titular,mas mantendo uma parte branca pra cor verde se destacar um pouco mais (e até lembrou um pouco o uniforme da Sampdoria). Já o modelo seguinte  seria com as faixas horizontais de uma das camisas comemorativas (que deixei mais grossas) junto com as cores cinza e  verde, de outra camisa comemorativa.

São Paulo – Parte 1

agosto 3, 2008

Desenhar algo criativo pro uniforme titular do São Paulo não é tarefa  facil.  Mesmo com o passar das temporadas, a gente vê os novos uniformes do tricolor paulista e dá sempre uma impressão de mais-do-mesmo, que pouca coisa mudou, mas considero que seja mais pelo fato de que, qualquer surto de criação um pouquinho mais inovador, para aquele estilo de uniforme, pode  torná-lo um desastre, por sempre acabar prevalecendo mais um vermelho ou um preto, e o que visualmente parece que sempre deve prevalecer no uniforme é sempre o branco ou um equlíbrio das cores.

Respeitando mais o equilíbrio do que a tradição em si, criei esses 2 uniformes abaixo, colocando no primeiro a faixa na altura do peito, pois acho que  destaca mais o clube que o patrocínio, e aplicando  com finíssimos frisos, quase imperceptíveis, e que de fato vão ficando cada vez mais fracos à medida que se distanciam das faixas maiores. É o modo mais modesto de se fazer uma alteração com estilo. Na gola da segunda eu me inspirei na atual da Holanda, mas confesso que até mesmo achei um pouco vanguardista demais pro SPFC…

Estava aqui pensando  como que um uniforme de corte vanguardista da Reebok ficaria com o  São Paulo, e entao vi que só mesmo testando o atual do Chivas Guadalajara pra ver qual é. Depois de muitos testes e combinações, a coisa que  ficou mais à gosto foi essa abaixo, apesar de ainda achar que é muita modernidade pra um uniforme tão clean…

 Pra uma terceira camisa, optei também por não ser assim tão inventivo, e  então somente fiz um modelo meio que híbrido do atual terceiro modelo, só que com um pouco mai sde simplicidade, mantendo a faixa horizontalmente e na altura do peito, sem detalhamentos maiores que isso. O resultado vocês vêem aí:

EM TEMPO: Nos escudos está faltando a estrela do tri-mundial, simplesmente porque:

1- peguei esse  escudo num site de logos vetoriais e já estava assim

2- como bom corinthiano, nem tinha reparado se tinha mais ou menos estrelas nisso aí… e sintam-se honrados porque od meu time que é bom eu ainda nem publicquei nada, só pra provar que sou isento… 

3-Eu particularmente não gosto dessa constelação acima dos escudos de futebol. Coisa de time que precisa mostrar pros outros que conseguiu muitas glórias. Time europeu (especificamente ingleses e espanhóis) não precisa disso. E certo fez o Boca Juniors que tirou a constelação de dentro do escudo e só colocou algumas. Estrela pra mim é algo bastante ultrapassado.

Botafogo – Parte 1

julho 30, 2008

Para o time da estrela solitária,  elaborei alguns desenhos  para camisas reservas, uma vez que  nem sempre soluções muito criativas para uma camisa listrada em preto e branco  resultam em algo legal (pretendo elaborar algo mais pra frente).

Dos modelos reservas, propuz um degradê  forte do preto para o cinza, q é um modelo que lembra um que o Besiktas da Turquia usou há uns anos. Vocês já devem achar qeu uso degradê demais, mas esses são apenas desenhos primários q fiz já faz um tempo e, já que deu um bom resultado, não custa publicar…

Já o  segundo modelo, apostei na assimetria das mangas que  tanto  gosto e uma “quase faixa”  pra quebrar um pouco do branco.

Vale ressaltar que  eu publiquei esses dois modelos, mas pra selecioná-los eu  fiz ainda outros 20 experimentos. Alguns até ficaram interessantes também, mas vou publicar a priori os que eu achei que  ficaram mais “apresentáveis” pra quem não conhece meu trabalho.

Santa Cruz – parte 1

julho 28, 2008

Dessa vez vou apresentar um dos modelos que fiz  sob  encomenda. Uma pessoa ligada à diretoria do clube pernambucano me pediu para fazer um estudo de uma forma legal de aplicar o estilo do clube Cobra-Coral ao padrão  atual de templates  da Adidas (que estava numa possivel negociação com o  clube). Como fruto disso saíram alguma peças bem  interessantes, mas à priori mostrarei aqui  a combinação de peças [local e visitante] que mais me  agradou [clique na imagem para ver os detalhes] :

Não coloquei patrocínio porque à epoca isso ainda estava indefinido (e  assim acho que  ficou até BEM MELHOR…

O amarelo eu apliquei com cor  auxiliar porque  creio que ela dá ainda mais força/ênfase do que o  branco, como que vocês comprovaram nas imagens.

Quanto à numeração, me desculpem,mas  não sei onde  consigo essas numerações de uniformes, em geral  exclusivas, e por isso pego alguma qualquer. Qualquer dica de onde descolo eu aceito.

Kaizer Chiefs (África do Sul)

julho 27, 2008

Pra quem não conhece, o  Kaizer Chiefs é um time de futebol que foi  formado em Soweto, a famosa favela de Joanesburgo onde aconteceram as primeiras reações anti-apartheid da África do Sul. Talvez por isso que eu tenho simpatia por esse clube, ou pela combinação de suas cores (gosto muito desse tom de amarelo forte com preto) ou porque  é um nome muito parecido com o de uma banda britanica de indie rock chamada Kaiser Chiefs (com S).

Esse modelo eu criei há muito  tempo, baseado numas fotos que vi onde um sombra  na camisa dava um efeito com esse (me inspiro muito em  sombras e suores que aparecem por acaso nas camisas,hehehe…).

 

Sem o patrocinio da VodaCom ele  ficava aind amais bonito, mais clean, mas vou tentar parecer um minimo mais condizente com a realidade aplicando-os de forma mais  harmonica nas peças.

Vasco da Gama – parte 1

julho 26, 2008

Pra provar a neutralidade desse blog, posto agora algumas camisas do Vasco que criei já faz um tempo (na real, bem antes do que as do Flamengo).

A camisa do Vasco é uma das que é muito  difícil criar algo que saia muito do que já é, tanto pela forma marcante, quanto pelo tradicionalismo de seus torcedores. Pra começar, propuz mudanças relativamente modestas, mas que dariam uma boa renovada no  visual.

 

Nesse primeiro modelo, proponho  um tipo de gola básica (conhecida como  gola  careca, olímpica ou redonda) que nunca foi usada pelo clube foi usada só quando eram fornecidos pela marca própria, VG Vasco. Aliado à isso, coloquei uma manga raglan pra não deixá-la tão basica com cara de t-shirt e utilizei a faixa em degradê pr a dar uma mudada e ao mesmo tempo um ar de modernidade à clássica faixa.

 

Já nesse segundo modelo, continuo com o  corte de manga raglan e na faixa eu dou uma “reverberada” nela mais abaixo. Nãs exagerei muito nesse  recurso pra ainda manter um  estilo  clean, mas ao menos deu um toque de geometrismo à peça:

 

E então, o que acharam?

 Postem suas observações no setor de comentários. Gostei bastante das  sugestões, elogios e críticas que recebi no último post e gostaria de um feedback   cada vez maior, até mesmo pra me  estimular  a criar mais e mais e  postar  aqui pra vocês.

=)

Flamengo – parte 1

julho 25, 2008

Vou começar a galeria de camisas com a do Flamengo. Não porque é um dos times mais populares do Brasil, mas sim porque está sendo  com esses  desenhos que estou recebendo maior  divulgação no momento. Isso tudo surgiu quando o Lance! propôs à  alguns leitores que criassem algumas  alternativas à camisa nova do Flamengo,njá que esta foi muito criticada. O resultado de uma noite esboçando na minha prancheta  foram esses 10 desenhos dos quais 5 foram selecionados por eles. Abaixo então apresento   os modelos que concorrem lá no site e os outros que você só vai ver aqui:

 

-O primeiro eu apostei no degradê (que se for a Olympikus mesmo que fornecerá, provavelmente vai usar esse recurso) aliado a  uma faixa bem fina de  dourado na altura do peito, dando  distinção à peça. O modelo reserva lembra o de duas temporadas  atrás, mas com algumas alterações mais  discretas,inclusive a  assimetria da manga, que é bastante presente em minhas propostas:

  

 -No modelo abaixo eu quis remeter ao estilo do Flamengo com Adidas do final dos anos 80, com a distinçao dos pequenos frisos brancos, remetendo ao uniforme cobra-coral. O modelo reserva é uma variação do modelo atual, com uma faixa de ombro direta e que se afina, dando uma certa leveza ao visual.

 

-Apostando na  asismetria, criei esses dois modelos, sendo que esse reserva é um dos que não aparecem na disputa.

 

-Continuando com os modelos que você só vê aqui, apresento esse à esquerda que é um dos meus  favoritos, pois desafoga o  ombro de uma faixa e deixa  a  presença do preto se fazer pela gola. O modelo reserva é uma variação mais modesta  da camisa anterior (que é minha preferida)

 

No modelo à esquerda realoquei os elementos e deixei o logotipo da Nike sob o escudo, tal como já foi feito com o  Barcelona há 10 anos e a Puma passou a  fazer nessa temporada.  O último modelo eu  harmonizei o  degradê com a  assimetria das mangas.

 

Se quiser ver alguns desses modelos  concorrendo com o de outros criadores (alguns bastante interessantes!), veja nesse link, e vote no que você achar mais legal.